Brasileira é atacada por bedbugs em Orlando

0


brasileira-e-atacada-por-bedbugs-em-orlando

A jornalista Adriana Bittencourt vai processar o Hotel Blue Heron Beach Resort, de Orlando, na Flórida, depois de ter sido atacada por dezenas de bedbugs, insetos da família do percevejo. Eles se escondem principalmente nas frestas e nas cobertas das camas e estavam por toda parte no quarto em que ficou.

Adriana, que passou as férias nos Estados Unidos com a filha de três anos e o marido. Levou mais de 200 picadas por todo o corpo. Ela publicou um alerta no Facebook contando a história.

brasileira-e-atacada-por-bedbugs-em-orlando-1

A viagem, planejada com meses de antecedência, teve que ser interrompida. Foram três dias de idas e vindas a médicos e farmácias.

“Comecei com umas mordidas nos pés e pernas e só desconfiei que não eram meros mosquitos quando uma das picadas inflamou e formou bolha. Tive que tomar 10 dias de antibiótico por causa dessa picada. Pesquisando na internet, descobri que poderia ser o tal do bedbug. Mas como cheguei cansada de um dos parques, quase meia-noite, resolvi trocar de cama (sai da de casal para uma de solteiro) e pedi para mudar de quarto no dia seguinte”, contou Adriana. A troca, porém, se revelou ainda pior. A descrição do caso dá até nervoso.

brasileira-e-atacada-por-bedbugs-em-orlando-2

“Eram tanto bichos que cheguei a despertar de madrugada e encontrar dezenas deles andando na minha blusa e rosto. Entrei numa banheira quente, joguei a roupa fora, mas o estrago já estava feito. Fiquei com mãos e rosto deformados de tantas picadas, mudei de hotel, tive que lavar e secar – em altas temperaturas – todas as roupas que estavam nas malas, tive que me consultar com um médico lá da Florida pois, por conta das muitas mordidas, desenvolvi uma reação alérgica que poderia resultar em edema de glote”.

Segundo Adriana, ao reclamar com o gerente do hotel, ele sugeriu que ela tinha trazido os insetos do Brasil. “Tive que voltar ao quarto, recolher os bichos num saco, e levar à portaria para ele se dar conta do problema. Pedi o estorno da diária no meu cartão e eles só fizeram isso quando ameacei chamar a polícia”, diz a jornalista, que vai processar o hotel.

(fonte: globo.com - Iaabela Bastos)

brasileira-e-atacada-por-bedbugs-em-orlando-3

O site Parques de Orlando recomenda aos seus leitores que procurem pesquisar o maior número de informações sobre os hotéis que irão se hospedar. Na maioria das vezes os baixos preços podem estar escondendo sérios problemas. Neste caso não podemos aplicar esta regra, pois o Hotel Blue Heron Beach Resort  possui uma ótima reputação entre seus visitantes.

Parques de Orlando ºoº

Compartilhar.


Deixar uma resposta