Celular descarregado pode impedir embarque para os EUA

Os Estados Unidos anunciaram que não será mais permitido portar celular descarregado em voos diretos para o país.

Esta é uma das novas medidas de segurança anunciadas pela Administração de Transportes e Segurança norte-americana (TSA).

As autoridades federais informam que os passageiros de voos diretos para os Estados Unidos proveniente de alguns aeroportos internacionais (não foram especificados quais), poderão ter que ligar seus aparelhos eletrônicos e, se estiverem descarregados, não terão autorização de levá-los a bordo.

Nestes casos, os passageiros estarão sujeitos a outros controles de segurança. A ideia é que o aparelho seja ligado e usado rapidamente, para provar que se trata de um celular ou computador real, e não apenas uma carcaça que oculta algo potencialmente perigoso em seu interior. Nem todos os viajantes precisarão submeter seus eletrônicos para checagem.

De acordo com a mídia norte-americana, as medidas fazem parte de um novo pacote da TSA anunciado há alguns dias para reforçar a segurança contra possíveis atentados realizados por terroristas provenientes da Europa e do Oriente Médio. Os funcionários da TSA temem que celulares, tablets, laptops e outros dispositivos eletrônicos possam ser usados como bombas.

“Nossa tarefa é antecipar o próximo ataque e não de reagir ao último. Por isso continuamos monitorando a situação a nível internacional e sabemos que as ameaças terroristas contra os Estados Unidos persistem, em particular contra a segurança aérea”, explicou o ministro do Interior, Jeh Johnson, ao programa “Meet the Press”, do canal de televisão NBC. (ANSA)

A melhor maneira de evitar constrangimentos é se dirigir para o aeroporto com os aparelhos sempre carregados!

(Fonte: Uol Notícias)